7 de agosto de 2011

Na estreia de Givanildo, América-MG encerra longo 'jejum' de vitórias e quebra série do Flu

Comemoração gol América-MG (Foto: Ag. Estado)
Na estreia do técnico Givanildo Oliveira, o América-MG encerrou ‘jejum’ de 13 rodadas no Brasileirão ao vencer o Fluminense, por 3 a 0, neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e reagir na competição. O tricolor, que mais uma vez não contou com o atacante Fred, interrompeu a sequência de vitórias.
Apesar da vitória, o América, que chegou a 11 pontos, permaneceu em último lugar na tabela. Foi o segundo triunfo do time mineiro. Com a derrota fora de casa, o Fluminense, que desperdiçou uma cobrança de pênalti com Rafael Moura quando já perdia por 3 a 0, caiu para a 9ª posição com os mesmos 21 pontos.

O América não vencia desde a estreia no Brasileirão, quando derrotou o Bahia por 2 a 1. De lá para cá foram cinco empates e oito derrotas. A reação veio com a chegada de Givanildo Oliveira, que substituiu Antônio Lopes. O novo treinador tem passagens vitoriosas pelo clube e dirigiu o time mineiro nas conquistas dos títulos das séries B em 1997 e C em 2009. Na derrota para o Corinthians, por 2 a 1, na rodada passada, ele apenas observou a equipe, enquanto o ex-goleiro Milagres, técnico do júnior, assumiu o comando.

Sem Fred, que cogita deixar o clube depois de revelar ameaças de torcedores, o Fluminense não conseguiu atingir o objetivo de vencer três jogos seguidos no Brasileirão pela primeira vez. O tricolor carioca vinha de triunfos sobre Ceará (4 a 0) e Internacional (2 a 0).

A chegada de Givanildo Oliveira parece ter feito bem ao América, que atuou bem neste domingo. Numa jogada bem tramada, o time mineiro abriu o placar aos 9min do primeiro tempo. Thiago Carleto recebeu na esquerda e lançou para Marcos Rocha na direita. O lateral tocou de primeira para a entrada da área e Rodriguinho, também de primeira, bateu para o fundo do gol, sem chance para Diego Cavalieri.

O Fluminense tentou reagir e criou chances para empatar ainda na primeira etapa. Aos 25min, Mariano fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para a área. Rafael Moura desviou e a bola passou rente à trave direita de Neneca. Aos 40min, Marquinho recebeu livre na área, mas chutou por cima do travessão.

O América voltou a marcar no início do segundo tempo. Léo entrou na área e caiu em lance com o zagueiro Gum. O árbitro assinalou pênalti e deu cartão amarelo para o jogador do Fluminense. Alessandro cobrou no canto esquerdo para fazer 2 a 0.

O Fluminense tentou reagir na partida e criou oportunidades, mas parou na marcação do América e nas boas defesas de Neneca. Aos 26min, o tricolor carioca sofreu uma baixa. O zagueiro Gum fez falta em Léo, que arrancava em direção ao gol, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Num contra-ataque rápido aos 32min, o América marcou o terceiro na Arena do Jacaré. Otávio lançou Marcos Rocha, que desceu em velocidade e bateu na saída de Diego Cavalieri. O Fluminense teve a chance de diminuir aos 40min, quando o árbitro marcou pênalti de Neneca em Araújo. Rafael Moura cobrou e o goleiro americano defendeu.

0 comentários:

Chrome Pointer