30 de julho de 2011

,

Ronaldinho comanda vitória do Flamengo sobre o Grêmio


Gol do Ronaldinho - Flamengo x Grêmio (Foto: Maurício Val/Vipcomm)
Com boa atuação de Ronaldinho Gaúcho, que pela primeira vez enfrentou o Grêmio, seu ex-clube, o Flamengo contínua invicto no Campeonato Brasileiro. A atuação rubro-negra não lembrou a excelente partida contra o Santos, mas o time rubro-negro venceu por 2 a 0, gols de Thiago Neves e do camisa 10, neste sábado, no Engenhão, pela 13ª rodada da competição. Ronaldinho se isolou na artilharia, com nove gols, e o Flamengo chega a 27 pontos e dormirá na vice-liderança.


Nos primeiros minutos o Flamengo teve dificuldade para entrar no campo de defesa do Grêmio. Mas, numa jogada de gênio, Ronaldinho Gaúcho virou o jogo na direita para Léo Moura, que avançou até área, mas não conseguiu dominar e deixou a bola sair. A resposta gremista não demorou muito: Escudero fez fila, mas chutou por cima, desperdiçando a chance.
A partida estava disputada no meio-de-campo e a torcida do Flamengo já vaiava o time quando Ronaldinho Gaúcho dominou na esquerda. O camisa 10, que recebeu combate de Mário Fernandes, percebeu Thiago Neves, que veio de trás, surpreendeu a marcação e de cabeça mandou no canto direito para abrir o placar, aos 27 minutos do primeiro tempo.
Na etapa inicial, Ronaldinho foi um dos destaques do Flamengo, apesar do gol marcado por Thiago Neves. Já André Lima foi acionado algumas vezes pelos companheiros do Grêmio, mas o atacante não teve êxito nas suas investidas. Ao fim do primeiro tempo, o camisa 10 rubro-negro deixou o campo reclamando do estado do gramado.
Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves deram muito trabalho à defesa do Grêmio. O camisa 10 fez de tudo e jogou a bola entre as pernas de Mário Fernandes, mas acabou derrubado. O craque estava impossível. E para delírio dos torcedores, deu passes de calcanhar, fez ótimas tabelas e criou excelentes jogadas para o ataque do Flamengo.
O Grêmio tentou alguma reação com Lúcio, Escudero e André Lima, mas a o Flamengo dominou a partida e deu muito trabalho para o goleiro Víctor. Novamente aos 27 minutos, desta vez na etapa final, o Flamengo ampliou para 2 a 0: A zaga atrasou a bola para Victor que, ao tentar driblar Ronaldinho Gaúcho, se atrapalhou. O camisa 10 não perdoou e fez 2 a 0.
FONTE: Uol
Chrome Pointer