2 de abril de 2011

Gols de Pato dão vitória contra Inter, e Milan fica mais perto do título


O Milan está mais perto do título italiano após sete anos de jejum. Alexandre Pato fez dois gols neste sábado em San Siro, e o time venceu o dérbi com a arquirrival Internazionale por 3 a 0, abrindo vantagem na liderança do Calcio a apenas sete rodadas do fim. Cassano, de pênalti, definiu a vitória no finalzinho. A equipe do técnico Massimiliano Allegri soma 65 pontos, contra 60 da segunda colocada Inter, que deve ver sua hegemonia na Bota acabar – os ‘nerazzurri’ são os atuais pentacampeões. Quem ainda pode ameaçar é o Napoli, que fica a três pontos da primeira posição caso vença a Lazio em casa amanhã. Na próxima rodada, dia 10 de abril, o Milan pega a Fiorentina fora de casa, e a Inter recebe o Chievo. Se Pato foi o personagem positivo do clássico, o também brasileiro Leonardo ficou marcado pelo oposto.
O hoje técnico da Inter foi bastante hostilizado pelos ‘rossoneri’, que o chamaram de ‘Judas’. Os torcedores do clube não perdoam a troca do antigo milanista pelo maior adversário. Quando a bola rolou, os hoje donos da casa em San Siro se esqueceram rapidamente de Leonardo. Com 45 segundos de jogo, Robinho chutou cara a cara com o compatriota Júlio César, que espalmou. Na sobra, Pato mandou para a rede. Depois do primeiro gol, o primeiro tempo foi equilibrado com chances para os dois lados. Na segunda etapa, quando o zagueiro Chivu ‘passou a rapa’ em Pato logo aos nove minutos, as coisas se complicaram para a Inter. O romeno era o último homem na defesa e foi expulso. O gol de Pato – em posição duvidosa - de cabeça aos 17 só concluiu o que já estava encaminhado. Robinho ainda perdeu inúmera chances desperdiçando o que poderia ter sido uma goleada. O polêmico Cassano, aos 45, concluiu a vitória de pênalti. Minutos depois, foi expulso. Terminado o jogo, torcedores e jogadores do Milan comemoraram como se o título já fosse deles. Ainda não é, mas falta pouco.

0 comentários:

Chrome Pointer